“Responsabilidade Social”

A J.Macêdo demonstra preocupação contínua com a cultura,
o meio ambiente e a promoção do desenvolvimento socioeconômico.

Conheça a seguir algumas ações realizadas pela J.Macêdo
com foco no seu compromisso com a cultura e a ecocidadania.

Ecocidadania

O fundador da J.Macêdo, José Dias de Macêdo, cujo pai, Manoel, nasceu na região da Serra da Capivara (PI), e que foi seringueiro e seringalista na Amazônia, imprimiu à sua Fazenda Canhotinho, no interior do Ceará, características de reserva ambiental, onde o Ibama libera pássaros apreendidos para que se reintegrem à vida natural. O cofundador, Benedito Macêdo (1926 – 1991), seu irmão, deixou uma área verde preservada de 112 hectares no coração de Fortaleza, como doação familiar para o funcionamento do CEU – Condomínio Espiritual Uirapuru, que congrega 18 instituições beneficentes, servindo de espaço para movimentações de cunho humanista e religioso.
 
Os atuais acionistas controladores da J.Macêdo, Amarílio e Roberto Macêdo, tiveram parte de sua formação em uma escola jesuíta situada no alto do Maciço de Baturité, circundada por uma espessa vegetação, resquício de Mata Atlântica em pleno interior cearense. Essa experiência de convivência com a natureza os ajudou a tratar como patrimônio natural as propriedades que possuem nessa serra.

Ambos, objetivando a preservação de áreas verdes e a recuperação daquelas que foram degradadas, as transformaram em RPPNs (Reserva Particular do Patrimônio Natural). Essa maneira prática de proteger os recursos hídricos, a fauna e a flora, que impõe limites ecológicos legais ao proprietário, é vista por eles como um modo de transmitir aos herdeiros não somente um legado material, mas também um patrimônio de consciência ambiental.

Em 1986, Amarílio Macêdo juntou-se a cientistas, jornalistas e colegas empresários para a criação da Fundação SOS Mata Atlântica, instituição que veio a se notabilizar na defesa dos remanescentes desse bioma em nosso País. Desde o final dos anos 1990, Roberto Macêdo é integrante do conselho da The Nature Conservancy (TNC), entidade ambientalista internacional, que tem como desafios globais a conservação de áreas críticas, a segurança hídrica, a restauração oceanográfica e a redução dos impactos climáticos.

No âmbito de suas atividades junto à TNC, Roberto participou da criação, foi presidente e é membro do conselho da Associação Caatinga, que tem como missão a preservação e a recuperação desse bioma do semiárido brasileiro. Essa entidade adquiriu renome nacional entre ambientalistas pela criação e gestão da Reserva Natural Serra das Almas, área com mais de seis mil hectares, localizada no interior do Ceará, e deu destaque internacional à situação do tatu-bola, animal em risco de extinção, ao convencer a FIFA de adotá-lo como mascote da Copa do Mundo de Futebol realizada no Brasil em 2014.

Ecocidadania

Preservar os recursos hídricos, a fauna e a flora, além de recuperar aquelas áreas que foram degradadas


Conheça outros projetos da J.Macêdo

Centro de Integração Universidade Comunidade
do Pelourinho da Universidade Federal de Medicina

Projeto Cinema de Arte

Ecocidadania

Instituto Moinho Cultural Sul-Americano

Conheça as nossas marcas

SAC

DONA BENTA

0800 726 2020

ico-instagramico-facebookico-play

SAC

SOL

0800 726  8080

SAC

PETYBON

0800 726  6060

ico-facebook

SAC

BRANDINI

0800 726 2020